A hipertensão arterial causa 7,5 milhões de mortes no mundo, cerca de 12,8% do total de óbitos em um ano, segundo estimativas recentes da Organização